Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

sábado

Como fazer para eliminar pulgões na horta e nas plantas

Folha de couve infestada
As cochonilhas como os pulgões são insetos sugadores de seiva e que se deixados à vontade acabam por matar as hortaliças ou plantas.

Este fórmula é natural, ou seja, não tem componentes químicos prejudiciais, são baratos e fáceis de fazer e aplicar.

Vai precisar de:
  • 50 g de sabão de coco ralado
  • 5 litros de água quente
  • 50 g de fumo de rolo ou corda
  • pulverizador simples
Deixe a mistura descansar por 48 horas. Coe em um tecido fino e coloque em um pulverizador manual. Pulverize nas folhas, atentando para a sua parte inferior onde costumam se concentrar. Esta mistura pode ser utilizada tanto em hortaliças, plantas frutíferas ou ornamentais. 

Leia tambem: Como fazer uma pequena horta orgânica, em casa ou no apartamento

Um outro problema que costuma atacar as hortaliças, sobretudo a couve, e algumas plantas ornamentais é a lagarta que é um estágio de desenvolvimento das borboletas. Se não forem muitas, basta esmagar os ovos que elas colocam sobre as folhas, pequenos e amarelos, com os dedos, que já é suficiente para controlar.

Se gostou deste post, subscreva o nosso RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar as nossas atualizações



Share/Save/Bookmark

4 comentários:

  1. Boa a dica, e mais completa. Aqui em casa pulverizamos apenas utilizando a água do fumo de rolo (depois de deixá-lo de molho alguns dias).
    Cordial abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Milton!


      A água quente facilita a concentração do fumo. Quanto ao sabão funciona como fixador, o que garante o efeito por mais tempo.


      Um abraço

      Excluir
  2. Gostaria de saber de onde vem o pulgao da couve como ele é propagado aguardo resposta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Os pulgões, com suas variações tanto na forma como na cor, que costumam infestar e até destruir a couve, outras hortaliças e outras plantas, têm sua “origem” no vento, pode? É que, como insetos alados, são levados pelo vento e aleatoriamente podem cair em sua horta, onde criam um ciclo de reprodução e sobrevivência, que alem de detonar a sua horta, a torna, também um fator de disseminação quando são levados pelos ventos, criando um ciclo interminável.

      É isso!


      Um abraço

      Excluir

Seu comentário é muito importante.

Você pode contribuir com o relato de suas experiências com as ideias e sugestões postadas aqui, bem como tirar eventuais duvidas com o editor e/ou outros usuários.