Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

sábado

Como fazer para remover supercolas da pele e das roupas


Não parece ser algo tão frequente assim, não é verdade? Que um pouco das ‘super bonder da vida’, ou supercolas, venham a cair na pele, roupas ou outros objetos que não estavam na lista dos coláveis. De maneira que talvez não tenha grande importância conhecer ou saber de como se livrar de um contratempo desses.
 
Entretanto, é o tipo de conhecimento que vai cair como uma luva se o lance vier a acontecer. Comumente é quando não se tem a menor ideia do que fazer para se livrar do problema e do desconforto. 

Se já passou pela experiência vai saber do que estou falando. Logo, não custa dar uma olhada, o que pode ser também útil para outras pessoas próximas.

  "Se a cola ainda estiver fresca na pele, coloque-a em contato com água morna e sabão para facilitar a remoção. Mas se estiver seca, passe um removedor de esmalte à base de acetona no local, e depois lixe suavemente a região, fazendo com que a cola descasque! 

Se você tiver a pele muito sensível, troque a acetona por margarina, vá esfregando, com bastante paciência, até que a cola saia por conta da gordura, e lave com água morna e sabão.

No caso da cola cair em tecidos (considere os mais comuns e menos delicados, como algodão), use uma escova de dente velha para aplicar acetona na região, esfregando a mancha da cola para tentar levantá-la. Raspe a cola com alguma espécie de espátula e depois lave a roupa normalmente.’

Já existe no mercado um produto que promete resolver o problema, o que indica que o tal acidente’ não é tão incomum assim.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

quinta-feira

Como fazer um mural de lembretes e recados bonito e criativo


É uma ideia simples, mas de efeito e praticidade muito bons. Podem ser usados tanto na cozinha, na porta de entrada/saída, como na quarto de estudos, ou mesmo no quarto das crianças para iniciá-las no bom hábito do uso de algum planejamento e organização em suas coisinhas no cotidiano, o que vai se tornar mais um brinquedo ou brincadeira.

Como vê na imagem, não tem erro, os detalhes – como cores e decoração – ficam por conta de sua criatividade e imaginação e, se no caso envolver um filho (a) na coisa, bosque a sua participação na escolha das cores, desenhos e efeitos decorativos.

Vai precisar de:
- Pedaço de madeira MDF ou MDP - 25 cm x 10 cm,
- Tinta colorida à gosto,
- Prendedores de roupa de madeira,
- 2 ganchinhos para pendurar, que podem até ser feitos com ‘alças’ de abrir latas de refrigerantes.
Modo de fazer

Pinte a madeira em quadros coloridos, você também pode optar por colocar o seu desenho favorito na peça.

Pinte os pregadores de forma que combine com os tons do desenho que você escolheu.

Coloque os pregadores na vertical com a ponta que prende para baixo.

Pregue os ganchinhos – alcinhas – atrás do mural e pendure-o na parede.

É isso! Com certeza vai dar uma força na memória e organização e vai ser uma curtição para a criançada.

Como informações de coz.itatiaia

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

terça-feira

Como fazer para obter mais eficiência e resultado ao estudar em casa


É só dar um ‘passeio’ pelo tema – estudos – na internet que vamos encontrar um ‘monte’ de dicas de como fazer isso de forma mais tranquila, segura e eficiente. O lance é que são tantas que a gente acaba por não assimilar a coisa, e o que é pior, colocar tudo em pratica e otimizar o nosso processo de estudo em casa.

Nestas dicas abaixo você pode encontrar uma boa síntese da coisa, sobretudo porque alas tentam atender a procedimentos mentais que podem fazer a diferença.

    "1 – Rotina

Estabeleça horários fixos. Dormir e comer em horas diferentes no dia a dia, por exemplo, dificulta a ambientação do corpo e prejudica o rendimento. É preciso ainda cuidar do sono: ele restaura as sinapses, elo transmissor entre os neurônios, e melhora o funcionamento do cérebro. Oito horas de descanso é o ideal.

2 – Ambiente

O ambiente de estudo precisa seguir padrões. Como o cérebro não foca duas coisas ao mesmo tempo, simplicidade e silêncio ajudam na concentração. Boa luminosidade diminui a sonolência. Mas o tiro pode sair pela culatra de noite. Luz excessiva inibe a produção de melatonina, o hormônio do descanso, e pode causar insônia.

3 – Respeite seus limites

A concentração diminui a cada 50 minutos de estudos consecutivos. Recomenda-se, assim, parar 10 minutos por hora. Vale tomar água, olhar a paisagem – qualquer coisa que permita descanso. E tem mais: o córtex pré-frontal, responsável pelo raciocínio, alcança potência máxima às 11h. É o momento ideal para estudar o assunto mais importante do dia.

4 – Pratique

Fazer exercícios práticos ajuda a testar o aprendizado. Outra alternativa é escrever com o fluxo da consciência. Após terminar o estudo diário, redija por 5 minutos o que vier à cabeça sobre o tema, sem se preocupar com a lógica e a pontuação. O resultado ainda pode servir como resumo nas vésperas de provas.

5 – Divirta-se

Não exagere. O stress esgota a atividade dos neurônios, causa problemas na transmissão e faz com que as sinapses não ocorram adequadamente. Nada como se divertir de vez em quando. Cinema, shows, jantares, bares, namoros ajudam a relaxar e são, sim, muito bem-vindos aos fins de semana." (MaisEstudo)

Mãos à obra!

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

domingo

Como fazer para suas roupas não escorregarem dos cabides


Tem alguns “probleminhas” com aspas que costumam ser o “ó” como se diz em nosso cotidiano doméstico. É o caso das roupas que escorregam nos cabides convencionais e como isso compromete a “roupa passada”, quando não despencam de vez.

Uma boa ideia é a que você vê na imagem. Coloque algumas voltas de elástico nas extremidades do cabide que ele vai se encarregar de ‘segurar’ a roupa.

Tem ainda uma ideia que é você colocar algumas gotinhas de cola quente ou mesmo a cola comum tipo ‘tenaz’, na parte superior das extremidades do cabide, deixando uma superfície porosa e aderente, que vai trazer o mesmo efeito de impedir que a roupa deslize.

Tem uma dica que rola por ai aconselhando colocar aquelas velhas ‘gominhas’ de borracha. Parece ser uma boa ideia, mas o fato e que as tais ‘gominhas’ ultimamente vem sendo feitas com um material que as levam a “melar” em pouco tempo, quando vai ser quase impossível você retirar os resíduos grudados em sua roupa sem danificar o tecido, além de eliminar os resíduos do próprio cabide.

É isso, se você tiver alguma ideia adicional compartilhe conosco em um comentário.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark