segunda-feira

Como fazer para melhorar o trabalho na cozinha

Cozinhar é uma coisa tão antiga que nós já o fazemos instintivamente e muitas vezes nem percebemos que adotamos algumas práticas ou mantemos hábitos que o bom senso já não recomenda, e mudar pode significar mais higiene, saúde a qualidade de vida para nós e a família. Veja estas dicas abaixo.
Cuidados com a colher de pau

É uma velha conhecida nas cozinhas em todo lugar, mas, além da praticidade, elas podem se tornar uma grande fonte de contaminação dos alimentos e colocar em risco a saúde. Ao contrario do, “panela velha é quem faz comida boa”, a colher velha pode fazer uma comida muito ruim, pois, em suas partes trincadas ou rachadas elas acumulam resto de comida que são verdadeiras culturas de bactérias que acabam por chegar aos alimentos.

 Por isso elas devem ser descartadas. Quanto às novas ou em bom estado deve-se observar se elas estão devidamente limpas, quando lavadas, pois, podem reter restos de alimentos, isso, além de ser fervidas com frequência, 2 a 3 vezes por semana, para garantir a esterilização da madeira. 

 Para evitar acidentes na cozinha 

 Os utensílios de corte ou facas afiadas não devem ser colocados em gavetas junto com os outros talheres, pois podem provocar acidentes – cortes. As facas, sobretudo, podem se acondicionadas em um “pote” exclusivo sobre a bancada onde a única parte acessada seja o cabo, ou seja, com a ponta para baixo. 

 Descarte a lixeira de pia

A lixeira com restos de comida é ótima para o crescimento de bactérias, que podem ser transferidas para os alimentos colocados sobre a pia, sobretudo durante o preparo. "O lugar da lixeira é no chão, com saco próprio trocado diariamente e abertura por pedal, para evitar que as mãos toquem no lixo". A saúde sua e da família agradecem. 

 Troque o pano de prato diariamente 

 O pano de prato e o tal pano de mão são fontes de contaminação, pois facilitam a proliferação e propagação de bactérias e micro-organismos para os utensílios e alimentos, basta ver o estado em que ficam no final do dia. Logo, eles precisam ser trocados diariamente e, depois de algum tempo de uso, devem ser fervidos com um pouco de sabão, pois, a maquina de lavar nem sempre consegue dar conta do recado.
Para secar a pia, nada de “paninho de pia” – outra fonte de bactérias –, uma boa opção é o “rodinho de pia”, mais eficiente e de mais fácil limpeza e/ou higienização.

Evite guardar panelas com alimentos na geladeira

Sobretudo se elas forem de alumínio, pois, o alimento quando guardado por muito tempo fica contaminado pelo alumínio que é liberado na comida. Mesmo as de inox, vidro ou de cerâmica devem ser evitados, pois, os alimentos tanto “pegam” como passam cheiro a outros alimentos guardados na geladeira.
O ideal é acondicioná-los em potes plásticos ou de vidro bem fechados.

Lave sempre as mãos ao entrar na cozinha

Parece óbvio, não é verdade? Infelizmente não é! Quando estamos cozinhando e nos ausentamos da cozinha, seja para atender à porta, para dar uma espiada na TV, ou mesmo quando, não raro, fazemos uma faxina rápida pela casa enquanto cozinhamos, trocamos a água e/ou ração do cachorro... 

Agora, pense em todos os objetos em que tocou apenas nestas atividades que utilizamos como exemplo acima. Acha, mesmo, que suas mãos estão em condições para voltar aos alimentos? 

Descarte a bucha de lavar louças

Este é um item que só descartamos quando não está dando mais para usar.

A bucha velha – e geralmente mal lavada – é uma verdadeira cultura de bactérias e micro-organismos diversos. Entre uma lavada e outra elas proliferam e nem mesmo o sabão ou detergente vai conseguir eliminá-las quando voltar a lavar a louça.

O ideal é que a utilize por apenas 7 dias, e para isso evite comprar aquelas de “griffe” e opte por uma mais barata ou mais em conta, já que não vai fazer uso de sua durabilidade maior. Durante estes 7 dias, esterilize por um minuto no micro-ondas coberta com uma toalha de papel ou deixe de molho por 10 minutos em uma solução água sanitária. 

Faça uma pré-lavagem da louça 

É uma ideia que pode parecer mais trabalhosa para quem já está cheia de trabalho, entretanto, ela não só facilita o seu trabalho, mas, traz um adicional de higiene e saúde à sua cozinha.

É simples. Lave toda a louça (talheres, panelas e Cia) somente com água, embaixo da torneira um pouco aberta, e utilizando as mãos a título de bucha “retire o grosso”, como se diz, e só depois disso comece a lavar normalmente. 

Fica mais fácil e é mais rápido, além de garantir maior higiene da bucha, que não fica cheia de restos de alimentos retidos em suas fibras, deixando-a mais limpa. (Veja item anterior).

Se gostou deste post, subscreva o nosso RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar as nossas atualizações



Share/Save/Bookmark

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante.

Você pode contribuir com o relato de suas experiências com as ideias e sugestões postadas aqui, bem como tirar eventuais duvidas com o editor e/ou outros usuários.