terça-feira

Como fazer uma cadeira simples e prática para uso externo

Clique nas imagens para ampliar
Parece simples, não é verdade? E é simples! Dê uma olhada no passo a passo que vai comprovar.

Você pode usar alguma madeira que já tenha em casa ou optar pelo velho pinho, comum, que é encontrado nas madeireiras por um preço bem em conta.

Então vejamos as medidas:

Peças para as pernas:
- Pernas principais: 2 de 15 cm da largura por 50 cm de altura (comprimento), 
- Pernas traseiras: 2 de 30 cm de largura por 59 cm de comprimento, 
- Assento: 30 cm de profundidade e 50 cm de largura, 
- Braços; 10 cm de largura por 40 cm de comprimento, 
- Encosto: 15 cm de largura por 45 cm de comprimento/largura
Uma observação de importância fundamental para o sucesso do projeto é a precisão nos cortes e encaixes, sobretudo nos chanfros. Já que é uma peça “montada/encaixada” e tudo pode dar errado, ou seja, não encaixar e assim comprometer montagem e estabilidade final da cadeira.

Por ser uma peça pequena/compacta estes cuidados são imprescindíveis para garantir um bom resultado.

Confira bem antes as peças gêmeas, juntando-as, observando os ângulos corretos dos chanfros.

Prontas, você deve lixar todas elas, com atenção especial às extremidades e usar um selador para impermeabilizá-las, independente de sua intenção de pintar ou não. 
Nesta imagem dá para ver como é feita a fixação das pernas, com parafusos com porca/arruela. Bem como o ângulo adequado de abertura das pernas para lhe garantir estabilidade.

Na hora de abrir os furos para os parafusos, faça também a cavidade da arruela e da porca do parafuso. Se não dispuser de uma serra copo de dimensões adequadas, utilize um formão ou uma broca chata para furação da cavidade de acomodação da porca e arruela, o que vai dar mais firmeza e melhor acabamento estético.
Nas imagens você tem o encosto e o assento vistos de cima, onde pode observar os chanfros que lhe dá uma aparência melhor.

Na imagem acima você tem o esquema para a fixação do encosto, á esquerda, e à sua direta a de fixação do assento com os números de pontos de fixação recomendados.

Esta imagem ilustra a colocação e fixação dos braços. Visão de cima e lateral. Para garantir melhor fixação do encosto, que recebe uma pressão maior do usuário sentado, um segundo parafuso deve ser colocado, fixando-o, também à perna.

Terminado o trabalho, mesmo que não pretenda pintar ou envernizar a sua cadeira, um cuidado especial deve ser tomado com os pés, quando você pode até usar piche ou óleo queimado, fazendo tipo um sapato que é importante para sua proteção contra a umidade do solo em áreas externas, como vê na imagem final.

Como pode ver, o passo a passo é bem detalhado e não deixa margem a erros. É só segui-lo fielmente que tudo sairá como deve.

Com informações de RHside

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante.

Você pode contribuir com o relato de suas experiências com as ideias e sugestões postadas aqui, bem como tirar eventuais duvidas com o editor e/ou outros usuários.