sexta-feira

Como fazer para organizar um kit básico e geral de costura


O aprender a costurar quase sempre é feito de forma meio aleatória, com a orientação meio solta e eventual de alguém experiente por perto, e muitas vezes não passamos disso, de algum rudimento que nos permita ‘dar conta’ de alguns probleminhas eventuais.

No artigo abaixo vai conferir uma relação de artigos que vão dar um jeito mais sistemático, mais organizado, de fazer isso, o que pode trazer ganhos significativos em habilidade e eficiência em nossas incursões na área.

É um kit básico que pode ir sendo adquirido na mediada das suas necessidades durante o período de aprendizado.

Vamos lá:

Além de uma boa máquina, um kit básico de costura é essencial para poder fazer suas criações. Seja para quem está começando ou mesmo para costureiras e artesãos de mão cheia.

Os componentes básicos de um kit de costura são:
- Diversos tipos de botões;

- Agulhas de tamanhos variados;

- Linhas variadas;

- Tesouras de costura;

- Alfinetes e almofada de alfinetes;

- Um dedal;

- Fita métrica;

- Presilhas, ganchos, ilhoses e colchetes;

- Fita auto-adesiva;

- Retalhos.

Se você ainda não tem esses artigos, tenha as seguintes dicas em mente, ao comprá-los:

- Tesouras leves com 15 ou 18 cm de comprimento são as melhores. Use-as apenas para a costura;

- Alfinetes com cabeças grandes de vidro ou plástico são os mais fáceis de usar. Compre os maiores que encontrar, de até 3 ou 4 cm de comprimento;

- Um pacote de agulhas de pontas variadas, de tamanho médio, com orifícios redondos, apropriadas para todos os pesos de tecido;

- Existem dedais de diferentes tamanhos; encontre um que se encaixe no dedo médio da mão que você usa para costurar;

- Colchetes e ganchos de tamanhos variados (1, 2 e 3) e presilhas tamanhos 3/0, 2/0 e 0 resolvem a maior parte dos problemas de reposição;

- Uma régua de metal para costura (vazada no meio), de 15 cm, é mais útil para costuras que uma fita métrica, particularmente para fazer bainhas, já que pode ser usada para manter-se constante a medida desejada.

- Outros artigos que facilitam muito a costura incluem um abridor de casas, cuja ponta afiada e curva é usada para abrir costuras e a ponta fina é usada para retirar os fios soltos; um passador de linha, que poupa muito tempo e frustração; e uma tesoura de recorte, que tem bordas em zigue-zague, o que lhe permite aparar o tecido sem esfiapa-lo.

Claro que você pode usá-la – esta lista – apenas como referência e ir adquirindo/juntando gradualmente “este arsenal” de recursos, na medida em que for se familiarizando com a ‘arte de costurar’.

Com informações deHowStuffWorks

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante.

Você pode contribuir com o relato de suas experiências com as ideias e sugestões postadas aqui, bem como tirar eventuais duvidas com o editor e/ou outros usuários.