sábado

Como fazer um lixamento radical em seus trabalhos em madeira

Quem ‘mexe’ com madeira sabe bem que o acabamento ou a observação nos detalhes é um ponto fundamental para atribuir ao trabalho a boa aparência final que todos merecem, e a depender do trabalho é fundamental.

É o caso do lixamento, como pressuposto importante para a pintura ou verniz e a boa cara final.

Primeiro a observação e cuidado durante o processo do trabalho em si mesmo, para não provocar lesões mais sérias que ficariam difíceis de serem retiradas depois com as lixas.

Depois a graduação no uso das lixas para ir chegando ao ponto, antes da pintura ou verniz.
Confira: Como fazer para escolher lixa adequada para o seu trabalho
Uma dica adicional que não é tão divulgada assim é, a depender da peça, sobretudo de seu tamanho, o uso de palha de aço. É isso, a palha de aço, vulgarmente chamada de Bom Bril ou aquele palha de aço lava louça, mais fina.

O seu uso garante um acabamento radical, o que dá para perceber na hora, mas, sobretudo depois, notadamente em caso de verniz. Como o pó resultante é muito fino, o ideal e que faça uma limpeza criteriosa com um retalho de tecido, para não comprometer o resultado final.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

quarta-feira

Como fazer para organizar os arquivos do PC com pastas coloridas

Embora certo modismo com os aplicativos, add-ons ou complementos para o Windows, que proliferavam na rede como opção para organizar, senão enfeitar o PC, hoje meio que caíram ou saíram de moda, ainda tem alguns que podem ser bem úteis.

É o caso das pastas coloridas. Aplicativo que viabiliza pastas com inúmeras opções de cores, que você pode usar para organizar seus arquivos, também por tema ou assunto [além do nome], o que além de “enfeitar” facilita o acesso mais rápido a seus arquivos armazenados.
Confira também: 
Como fazer para instalar uma agenda como um ótimo recurso de seu Windows
Clique em Folder Colorizer, baixe e instale. Faça um teste na organização de seus arquivos e se não for sua praia, é só deletar, ou desinstalar.

Mas, vale a pena conferir!

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

domingo

Como fazer para lavar a louça de forma mais simples e fácil


Esta é uma tarefa em que não faltam dicas diversas no sentido de tentar tornar tudo mais fácil e mais bem feito – lavar a louça – já que não tem como evitar em nossa vida e cotidiano, logo o melhor, é a melhor forma de fazer [em que pese o trocadilho].

Em princípio o ideal é lavar o quanto antes, já que podem trazer alguns probleminhas. Tipo acúmulo, cheiros ruins, e endurecimento o que dificulta lavar, além de atrair insetos variados, sobretudo, as formigas, que com o tempo e facilidade de alimentos, acabam por se mudarem e a começar a infernizar a vida na cozinha.
Confira também: 
   - Como fazer para dar um trato adicional à higiene na cozinha 
    - Como fazer para manter higiene adequada em suas tábuas de carne
Uma boa ideia que pode ser utilizada tanto logo antes de começar a lavar a louça, como para quem vai deixar um pouco para depois, é fazer um pré-lavação, ou seja, apenas com as mãos, sem sabão ou bucha, dê uma geral e retire todos os resíduos da louça, daí é empilhar e lavar na sequência ou depois.

As vantagens são várias. Se for lavar na hora, facilita o processo, pois suja menos a bucha e igualmente facilita ensaboar e mais rapidez ao lavar.

E se vai deixar para depois, evita que os resíduos endureçam, deixem mau cheiro no ambiente, atraia insetos e facilita a lavação.

Uma dica adicional é começar sempre por utensílios não engordurados, tanto a pré-lavagem com a lavação final.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

quarta-feira

Como fazer um biombo reaproveitando antigas portas descartadas

O uso de biombos não chega a ser assim tão comum, provavelmente em função dos espaços que hoje a cada dia ficam menores, o que os tornariam apenas mais um objeto a ocupar o espaço, em que pese o seu efeito decorativo, além de sua funcionalidade.

Entretanto, é um recurso único para se conseguir dois ambientes e/ou um pouco de privacidade em um mesmo ambiente garantindo o seu uso diverso.

Esta ideia acima é uma boa e criativa forma de reaproveitar portas descartadas, sobretudo se, conforme mostra a imagem acima, elas forem de modelo antigo, não raro de madeira maciça.

Modelos assim vêm sendo descartadas em nome de seja lá qual for o novo conceito de estética e modernidade.
Veja outra opção: 
Como fazer um belo biombo e garantir aconchego e privacidade ao ambiente
Não raro são de madeiras nobres e raras, tipo cedro ou mogno, o que pode até ser explorado, caso opte, ‘descascando’ e usando ao natural ou envernizada, ou em seu visual meio antigo/vintage, pintada [e gasta], é, também, uma boa opção, além de bem mais prática.
Você vai precisar: 
 - De 3 “meia portas” destas descritas acima, de padrão e modelo mais antigo e encontradas em lojas/depósito de material reutilizável; 
 - Seis dobradiças de preferência mais estilizadas, tipo estas da imagem, encontradas em lojas próprias de ferragens; 
 - Número de parafusos equivalentes ao numero de dobradiças; 
 - Calços protetores ou sapata de vinil macio [dois para cada segmento de porta], ou você mesmo pode fazer seus calços ou sapatas com feltro, embora, também, os encontre prontos com adesivo por baixo preço;
O início do trabalho é alinhá-las no chão para conferir se têm as mesmas dimensões, sobretudo altura, o que pode ser facilmente retificado ou alinhado com corte.
No caso de corte use a segueta [serra de arco ou serra de ferreiro], pois tem uma lâmina fina e o corte fácil e mais delicado, ou se pouco basta fazer o desbaste com lixa grossa.
Faça um exame geral para se certificar que estejam bem e caso possam precisar de algum conserto ou reparos simples, tipo colagens nas articulações, o que pode ser feito com a cola comum de madeira.

Até mesmo alguma retificação maior, tipo recompor algum retalho que falte ou rachaduras, quando pode ainda utilizar uma massa feita com cola e um pouco de pó de madeira [de cor equivalente], de forma discreta para que não se sobressaia.

Daí é só partir para a montagem e ao prazer de curtir esta maravilha.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

sábado

Como fazer um bonito cabideiro com a ‘tampa’ de uma gaveta descartada

As gavetas são peças fundamentais na organização e provavelmente em função do material em que vêm sendo feitas ultimamente, o aglomerado, o nível de descarte do móvel é muito grande.

É quando sobram as gavetas, já que o corpo do móvel é bem menos resistente, daí vermos muitas delas por todo lado em perfeito estado de conservação.

Não, não existe nenhum senão em resgatar uma gaveta que esteja por aí, em alguma porta, já que o seu destino final pode ser um uso menos nobre, daí a reutilização, além de ser uma coisa bem oportuna e prática, é também um ato ecológico-ambiental.
Veja também: 
  - Como fazer para usar os penduradores ou cabides na decoração 
  - Como fazer um cabideiro simples e dar-lhe um toque vintage
Nas imagens têm algumas ideias onde estão sendo utilizadas as ‘tampas’ de gavetas.
Como pode ver, é garantir que estão em bom estado, utilize dois suportes para quadros [existem vários modelos e tamanhos], os seus próprios puxadores, caso sejam adequados e complete com outros à sua escolha, encontrados em lojas do ramo.
Suporte
Você pode utilizar a ‘tampa’ em seu estado original, ou pode fazer alterações criativas a seu gosto. É importante que preserve o seu aspecto ‘moldura’ caso venha assim no original.

Como pode ver, é simples e fácil, além de muito práticos para dar uma força na decoração e organização do espaço.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

quarta-feira

Como fazer para ‘repaginar’ seu azulejo com novo revestimento

O revestimento com azulejo costuma ser uma opção para toda a vida, pois dificilmente alguém topa encarar uma retirada total e providenciar nova cara para o ambiente.

Entretanto, tem alternativas que não implicam em retirada e que garantem uma nova cara, uma repaginação do antigo visual, e o mais interessante, tem opções que podem ser feitas por você mesmo.

Estas seriam as alternativas de repaginação:

   - Azulejo sobre azulejo, funciona bem, mais exige o trabalho de um profissional por suas sutilezas, e para garantir o bom resultado final;

   - Adesivo vinílico, técnica que vem sendo usado com certa frequência e suporta até ambientes úmidos com boa aparência;

   - Tecido adesivo impermeável, embora não possa ser aplicado em qualquer área em função de não suportar a umidade/água pode ser uma boa opção;

   - Massa acrílica, revestimento que recobre inteiramente a área, inclusive eliminando o rejunte e dando uma aparência homogênea à parede.

Estas são boas opções que encontram os materiais necessários nas casas do ramo, e que em sua maioria precisam da ação de um profissional para garantir um bom resultado final.

Resta à pintura de azulejo é um bom revestimento que, entretanto, preserva o rejunte e eventual relevo, apenas dá uma nova cara à parede com a cobertura de sua aparência original, ou as cores e imagens.
Confira: Como fazer para pintar os azulejos e renovar cozinhas e banheiros
Embora exista, em tese, a opção de fazer o revestimento total da superfície, inclusive do rejunte, mas é uma opção que talvez exija um pouco mais de habilidades e cuidados. Nesse link acima vai conferir a melhor forma de você mesmo fazer isso, usar a pintura para dar uma bela repaginada em seu ambiente.

Se bem feito, pode durar por muitos anos [até cinco anos], em perfeito estado de conservação.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

sábado

Como fazer uma página interna de continuação de seu artigo no blogger

Não é muito raro começarmos a escrever um artigo em nosso blog e acabarmos por nos deparar com um tamanho final acima da média.

Normal, pois a depender do tema fica difícil ser mais sucinto ou resumido, mas o problema é que nestes tempos em que o tempo parece ter ficado mais precioso, e raro, na vida das pessoas, o ideal, como poderia dizer, é disfarçar...

É isso, apresentar o seu artigo de maneira normal [tamanho normal, entre aspas], e deixar a sua continuação em uma página interna. Não, não é nada errado ou desleal, pois não raro apenas em ver o tamanho do texto, dá aquela preguiça e...

Ao deixarmos boa parte dele interna, ou não visível à primeira vista, o nosso leitor acaba lendo ou conferindo por achar mais ‘lível’, e por gostar do que leu ou viu, vai querer conferir a continuação. Simples assim.

O que acha?

Vamos lá: 

Continuação... 

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

quinta-feira

Como fazer para instalar facilmente rodapés de madeira

O efeito de um rodapé em um cômodo é algo de resultado incontestável em organização e beleza, não é verdade?

O detalhe é que instalar um rodapé é uma tarefa bem simples que pode ser feita por qualquer pessoa.

O ideal é que já compre os rodapés revestidos e bem acabados – geralmente vêm envernizados – o que facilita, e muito o seu trabalho.

Veja um passo a passo:

Primeiro tire a metragem correta do diâmetro do cômodo,

Escolha e compre os materiais necessários [ver no final]

Usando uma espátula faça uma correção retirando eventuais rebarbas ou imperfeições na base da parede que possam dificultar a fixação, inclusive até usando a lixa,

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

terça-feira

Como fazer móveis mais elaborados com o uso de pallets

Os pallets são peças de uma versatilidade sem precedentes, se prestando a todo tipo de adaptações e uso, sejam peças ou móveis rústicos até aqueles mais elaborados.

O detalhe passa pela escolha do tipo de pallet e, sobretudo do seu acabamento, ou seja, cuidado no corte e mais ainda no acabamento ou lixamento e revestimento final, pintura ou verniz.
Todo pallet é feito de pinho, logo uma madeira relativamente mole e macia, o que facilita o acabamento final.

Temos aqueles mais simples como o tipo dupla face, sendo que cada um se preza a um tipo de projeto. Veja imagens.
Você pode conseguir até sem custos, já que, embora sejam reutilizáveis, são facilmente descartáveis.
Veja mais informações sobre o pallet, que pode ajudar em suas escolhas ou opções:
 - Como fazer para escolher e usar melhor o pallet em seus trabalhos
Vai precisar de dois e montá-los – fundo com fundo – para isso utilize travas de madeira na parte interna para fixar um ao outro, o que pode muito bem ser de madeira mais leve, mesmo compensado, o que facilita o trabalho e dá mais leveza e é suficiente para lhes dar a firmeza necessária.

O tampo fica a seu critério e disponibilidade de material, assim como as divisórias que podem ser opcionais [a depender do modelo que escolher], tanto pode ser uma tábua única de pinho, por exemplo, de compensado, ou mesmo uma montagem feita com peças descartadas do próprio pallet.
Veja também: Ideias de reutilização de pallet’s muito boas e criativas, aqui e aqui.
Terminada a montagem o ideal é que coloque quatro rodinhas, das maiores, o que garante mais leveza e mobilidade.
Depois de pronto, é dar o melhor acabamento possível com lixa e fazer o revestimento final a seu critério, se tinta ou verniz.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

sábado

Como fazer você mesmo uma bela peça para dar de presente

Comprar presente se tornou uma situação onde se perdeu qualquer bom gosto ou criatividade, onde o que impera é o nome na sacola, e o seu conteúdo tem menor importância ou é um mero detalhe.

Claro que as pessoas já estão bem acostumadas com este estado de coisas, mas, mesmo assim, ainda dá para usar o bom gosto e a criatividade que anda meio de lado e fazer você mesmo o seu presente.
A depender do destinatário, as opções são inúmeras, desde as peças essencialmente femininas, as masculinas [mais difícil] e as neutras.
Veja dicas para facilitar: 
Para as mulheres as opções são varias que passam pela costura, crochê, tricô, bijuterias. Tanto em peças para uso pessoal mesmo como aquelas para a casa, da decoração e uso.
Esta imagem acima ilustra um caso que serve para todos os gêneros, são as caixas livros, inclusive até para crianças, onde o detalhe é só a decoração específica e personalizada conforme o destinatário.

Outras ideias:
É uma peça que com certeza, vai agradar a qualquer um, e o detalhe é a decoração, com criatividade, bom gosto e atenção nos detalhes e no acabamento primoroso.

Pode decorá-la como uma analogia ao próprio livro ou variar com a decoração que achar mais conveniente.
Caixas originais, de várias formatos e tamanhos
Você encontra estas peças em lojas especializadas neste tipo de material e por preços muito baixos. Os modelos e tamanhos, também variam e pode escolher conforme sua ideia de decoração e do destinatário final de sua obra de arte.

Um detalhe adicional que dá um melhor acabamento à peça é forrar por dentro com feltro, ou a depender da decoração externa e se for um presente feminino, com algo que lembre a seda.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

terça-feira

Como fazer referências ou colocar links em seus comentários nas redes sociais

É comum fazermos comentários nas redes sociais, tipo Twitter, por exemplo, quando gostaríamos de fazer alguma referência de endereço ou site e não temos a mínima ideia do que fazer ou pra onde apelar.

Se o link é tipo o endereço de uma referência simples, de alguma sugestão de leitura ou informação adicional, é só copiar o endereço na barra de endereço do seu navegador, e reduzi-lo em um redutor de url, e assim deixamos apenas um item com poucos caracteres, que funciona normalmente para revelar ao interessado à sua referência.
Veja: Como fazer um link em seus comentários quando pode até divulgar coisa sua
Entretanto se a sua intenção é publicar o endereço/nome de algo seu, de um blog/site, por exemplo, a saída é fazer um link mais elaborado, e assim publicar apenas o nome do seu blog/site ou coisa que o valha.

Para este ultimo caso é só clicar no link acima e verá a forma de fazer a sua referencia de forma simples e eficiente.

Veja aqui várias opções de: redutores de Urls, conhecidos e gratuitos.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

sábado

Como fazer reparos nas paredes e na pintura com dicas simples

Depois de algum tempo não tem como evitar quando começam a surgir alguns problemas nas paredes. São pequenos descascados, rachaduras, pequenos quebrados nas quinas e manchas variadas, inclusive de mofo, e quase sempre vamos deixando passar até que chega a um ponto em que temos que dar uma geral, mesmo.

Entretanto é possível você mesmo ir fazendo estes pequenos retoques na medida em que surgem, sem deixar que a situação se complique e tenha que contratar um profissional para um trabalho mais amplo e complexo.
São reparos no reboco ou revestimento da parede e na sequência como fazer a restauração final ou pintura e revestimento.
Parte de reparos: 
   - Como fazer para eliminar rachaduras nas paredes 
   - Como fazer para reparar pequenos buracos e fendas nas paredes 
   - Como fazer para eliminar o mofo e recuperar a parede afetada 
   - Como fazer para resolver problemas com o chapisco na parede 
   - Como fazer uma mistura de cimento para seus consertos e reparos
Quando a coisa é, ainda, pequena o fazer se torna uma verdadeira diversão e vamos levando de acordo com o nosso tempo e disponibilidade.
Parte de restauração e pintura: 
   - Como fazer uma pintura com segurança e resultado profissional 
   - Como fazer para evitar sujeira na hora de pintar com dicas simples 
    - Como fazer para pintar as grades de sua casa com mais eficiência
Em alguns destes artigos você vai encontrar links para artigos com informações adicionais na mesma área, que podem igualmente ser úteis.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

quarta-feira

Como fazer para aproveitar o que de melhor oferece o seu cafezinho básico

Claro que o café nunca foi só esta preciosidade gastronômica, diríamos assim, já que inúmeras qualidades e aptidões de todo tipo sempre lhe foram atribuídas.

Desde propriedades medicinais, que a cada dia se descobrem mais, até precioso auxiliar na higiene e limpeza doméstica.

Veja esta relação abaixo, que vai desde o melhor jeito de preparar um cafezinho simples, o capuchino ou o pingado mais gostoso.

Isso passando pela maneira simples e fácil de fazer um coador de pano para tirar o melhor de seu café, o trato adequado na garrafa térmica nova para que ela sempre dê conta do recado, até o jeito simples e criativo de transportar e/ou servir o cafezinho tradicional às visitas.

Clique aqui: O melhor do cafezinho, e siga a sequência de artigos, daí, ao final é continuar em: Próximas postagens.

Bom cafezinho para você!

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

domingo

Como fazer um banco de madeira de maneira fácil e criativa

É um modelo de banco de madeira bem tradicional, sobretudo nos EUA, onde foi obra da criatividade de um ecologista bem conhecido por lá e acabou virando um ícone no país, também em função de sua extrema facilidade no fazer.

Ele permite muitas variações em torno da ideia básica o que fica por conta de sua criatividade e bom gosto.

Você encontra no mercado tábuas de pinho com dimensões que já facilitam muito o seu trabalho. Elas têm em média 30 cm de largura, 3 cm de espessura e 3 metros de cumprimento, tamanho convencional, já que é vendida por unidade, embora não seja suficiente para montar o seu banco, quando vai precisar de aproximadamente uma tábua e meia, ou 4,5 metros.
Veja as medidas: 
 - 2 peças de 90 cm para as laterais, 
 - 2 peças de 50 cm para os pés, 
 - 1 peça de 1,20 cm para o assento, 
 - 1 peça de 1,26 para o encosto.
O encosto pode muito bem ser reduzido na largura, ficando, como na imagem, com algo em torno de 15 cm.

Uma boa ideia é colar na hora de parafusar as peças, pois pode dar-lhe um pouco mais de estabilidade, de firmeza.


Neste link aqui, você vai encontrar um passo a passo, que vai detalhar todos os procedimentos necessários, onda a diferença é o tamanho ou dimensões, já que é uma cadeira, além dos ‘braços’, que não constam no projeto original do banco – veja imagem – o que também torna o projeto mais fácil.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

quinta-feira

Como fazer para aliviar a cozinha descartando alguns objetos inúteis

Deixar que ‘um monte’ de objetos ou coisas inúteis se acumulem sem qualquer propósito não é apenas um vicio ou cacoete na cozinha, já que se observarmos com atenção, eles estão espalhados, também, pela casa.

Entretanto, na cozinha eles adquirem outro significado, pois tem itens que podem afetar não só a organização, mas a higiene e saúde.

   1 – Talheres de plástico:  

Agente sabe com certeza que eles só estão aí apenas para ocuparem espaço, já que nunca serão usados, permanecem por que relutamos a descartar de alguma maneira. De você colocar no ‘reciclado’ ele terá um bom uso/destino.

   2 – Pacotes de condimento: 

Eles costumam ir se acumulando pelas gavetas, embora nunca os tenhamos usado e nem temos a intenção de fazer isso, também por que são pouco práticos em função da pouca quantidade que contém cada embalagem, logo se gosta de tido de condimento, adquira um vidro e o mantenha na geladeira.
Confira também: 
  - Como fazer para se livrar de um monte de coisas que entulha sua casa 
  - Como fazer para dar um trato adicional à higiene da cozinha
   3 – Sobras na geladeira:

Esse é um item que quase ninguém escapa, só que não de vez em quando damos uma geral na geladeira para juntar e jogar tudo no lixo.  Não raro mofados ou estragados. Logo, tente usá-los com mais rapidez e os descarte a partir de certo ponto, tipo cinco dias, não espere que mofem.

   4 – Utensílios que não usa:

Se der uma olhada vai constatar que tem muitos utensílios, sobretudo de plástico, muitos sem tampa, que vão se acumulando pelos armários e gavetas sem qualquer serventia ou utilidade, repasse-os para a reciclagem.

Também é o caso de aparelhos sem uso, por problemas de funcionamento ou sem serventia mesmo, que só enfeitam as prateleiras e armário. Faça uma checagem e descarte aqueles que só enfeitam. Doe para instituições de caridade que os passam pra frente.

   5 – Alimentos perecíveis:

Embora os produtos alimentícios de todo tipo venham hoje com prazo de validade, sempre observamos isso, mas é claro que em alguns casos chega a ser uma formalidade, tipo algumas farinhas, por exemplo, mas alguns deles podem se deteriorar de forma sutil sem que você perceba, mesmo na validade se aberto há muito tempo, logo, cheque periodicamente e os descarte.

Como pode ver, é bem simples. São itens sutis com os quais nos acostumamos e que observando podemos adicionar mais praticidade ao trato na cozinha.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark